27/04/2014

Ateliê Bia Schultz - Novo Parceiro


Hoje eu vim trazer uma super novidade para vocês com uma nova parceria aqui no blog.

A Bia foi uma grata surpresa que tive com o blog, uma amiga que fiz na blogsfera entre grupinhos, in box do Facebook e personalidade em comum.

Com muita coragem, há um ano ela resolveu por em prática a paixão pela costura e montou seu próprio ateliê.

O que a gente encontra por lá? Muuita fofura, aliás deveria se chamar Ateliê Fofo da Bia, rsrs. As peças traduzem muito o estilo dela: romântico, com cores candy, rendas, flores... O que acho mais amor nas roupas do Ateliê é que sempre tem um detalhe fofo, minimamente pensado para deixar a peça mais feminina e delicada. Confiram algumas que eu separei (e amey!):

Tecido leve e quentinho!

Saia tem-que-ter  mais versátil da vida!


Os preços também são bem legais, e tem que ficar de olho no site e na fanpage que de vez em quando rola uma promoção!

As formas de pagamento são através do PagSeguro e do MoIP (ou seja, parcela tudo no cartão!).



Para quem está no Rio Grande do Sul, o Ateliê fica em Guaíba (mais infos na Fanpage), e para todas as outras as peças podem ser enviadas via Correios, por Sedex ou Pac (valor do frete não incluso).

E, depois das apresentações, a melhor notícia, leitora do blog ganha 5% de desconto nas suas compras!
É só usar o código dosedebeleza ao finalizar seu pedido.



Espero que tenham gostado, e não esqueçam de curtir a Fanpage do Ateliê para ficar por dentro das novidades!

Links:


22/04/2014

Receita: Doce de leite caseiro

 

Acabei de fazer essa receitinha e já vim correndo passar pra vocês. É muito delícia gente!

Queria ter feito para a Páscoa, mas não deu tempo, e hoje quando cheguei em casa fui testar.

Esse doce de leite é muito fácil de fazer, nem precisa saber cozinhar. Fica muito bom, e é super versátil, dá para rechear bolos e tortas, colocar na panqueca, no pão, no biscoito ou comer de colher mesmo.

Vamos à receita?

VOCÊ VAI PRECISAR DE:

- 1 lata de leite condensado (tem que ser lata, caixinha não funciona)
- 1 panela de pressão

PREPARO:

Coloque a lata (fechada, sem abrir!) dentro da panela, bem no centro, e coloque água até cobri-la.
Feche a panela e leve ao fogo médio.
Agora, o tempo de cozimento depende do ponto que você quer que fique o doce, eu gosto mais durinho, mas vamos lá. Depois que a panela começa a chiar você conta:

- 10 minutos, para um doce molinho
- 20 minutos, para um doce consistente (ótimo para rechear bolos e tortas, é o ponto que eu sempre faço)
- 30 minutos, para um doce bem consistente (ponto de corte)

Depois que passar o tempo, desligue a panela e aguarde sair toda a pressão. Abra a panela com cuidado e deixe esfriar (não vai se apressar e queimar os dedos!).

Depois que a lata estiver bem fria, abra e prontinho!

Este foi o doce que eu fiz hoje, no ponto de 20 minutos:



Uma dica: se a sua panela for de alumínio, adicione 1 colher de vinagre na água para que ela não escureça.

Espero que tenham gostado!
Beeijos

Resenha: Paleta de sombras matte Halet


Olá meninas, como foram de feriado?

Hoje vim trazer a resenha de uma paleta de sombras que foi um dos maiores achados de make da minha vida!

Vocês bem sabem que eu não dispenso uma visitinha em lojas baratinhas de cosméticos, eis que em uma dessas encontrei essa paleta que é só de sombras matte. Dei uma testadinha rápida na qualidade das sombras e levei na hora. Sabem aquele achado tão bom que dá vontade de levar uns 3 pra garantir? (rsrs, não fiz isso!)

Fazia um tempo que eu queria uma paleta só de sombras opacas.

A marca é daquelas tipo Tango, P&W, coisa de xing ling sabem? Chama Halet. Mas de vez em quando encontro algumas coisas aproveitáveis dessas marcas.

A paleta tem um tamanho bom, mais ou menos o comprimento da minha mão.


São 48 cores de sombras, desde bem coloridas até várias neutras, é mesmo uma paleta bem completa, dá para fazer todo tipo de maquiagem com ela. Como falei, todas as cores são matte (opacas).



A sombras são ótimas, me surpreendi bastante com a qualidade. São fofinhas, até esfarelam um pouco, mas nada demais, e super pigmentadas MESMO. Tipo o preto é pretão e as coloridas são bem vivas.

Todos os swatches abaixo eu fiz SEM primer (imagina na copa com!)

Esse pretão é perfeito!


Só me responde pra quê tanto amarelo gente?





Vários tons neutros!

Aqui, separei uma sequência de tons que lembra alguma coisa para vocês? São cores bem próximas à paletinha Basics da Urban Decay


Esta paleta foi a que usei para fazer a minha maquiagem de formatura:


Amei muito essa paleta, to usando ela pra caramba, recomendo master. Até convenci uma amiga a comprar uma (beijo Má!). Não é muito fácil de encontrar, é bem coisa de 25 de março mesmo, mas, amiga, se ver leva na hora!

Agora vem a melhor parte, rsrsrs. Eis a vantagem de bisbilhotar esse tipo de lojinhas, essa paleta custou R$23,00!!!

Espero que tenham gostado da resenha!

18/04/2014

Papo de Blogueiras: Azul no look!


Oi meninas!

Hoje o Papo de Blogueiras está super legal, afinal feriado nesse friozinho é dia de ficar embaixo das cobertas vagando na internet, né não?

Lançamos o seguinte desafio para as blogueiras participantes do grupo: montar um look com algum toque azul, pode ser uma peça, o look todo ou mesmo um pequeno acessório, mas a cor escolhida não pode faltar!

Achei mega legal a ideia (que foi da Bia!), porque cada uma tem seu próprio estilo, uma é mais romântica, outra mais rock'n roll, então vai ser super inspirador vermos a criatividade de cada uma.

No meu look o azul ficou por conta da saia. É um azul bem mortinho, mais sóbrio, dependendo da luz até parece cinza.


Antes de contar mais detalhes do look, preciso contar um segredinho dele. Esta saia na verdade verdadeira é um vestido! Sim, um super trucão de moda que há muito tempo eu não usava.

Ganhei esse vestido na época de namoro com meu marido, ele é de seda, muito lindo, com caimento bem romântico, mas sabe-se lá o porquê uso muito pouco. Então resolvi arrumar uma maneira de usá-lo no dia a dia, simplesmente dobrei a parte de cima para dentro, e usei um cinto de elástico para deixar tudo bem firme (o cinto mais grosso também ajuda a esconder o volume das alças). E pronto! Ganhei uma saia nova! haha


Ainda me inspirei nessa moda do comprimento mais longo das saias e vestidos, a vantagem é que por ter ficado mais comportadinho pude usar esse look no escritório.

Adoro dar um olhar diferente para as roupas que já tenho, às vezes é mais divertido do que sair comprando peças novas que a gente não sabe como usar. Imagine que esse look estava no meu armário a anos, e eu nunca tinha pensado nessa combinação.

A blusa é velha de guerra, comprei quando ainda morava com meus pais. A bolsa é a que eu uso no dia a dia, não costumo muito trocar de bolsa, só pra sair à noite.


Escolhi acessórios bem delicados e douradinhos, um colar de cruz que ganhei na minha formatura, anéis fininhos, e um brinco delicado. A pulseira é só uma argola dourada.

O sapato, é o modelo Incense da Melissa, ganhei de presente da minha sogra há algum tempo, adoro ele, incrível como pode ser confortável com esse saltão. Acho que um sapato vermelho poderia ficar legal também.


Blusa: sem marca aparente R$19 há muito tempo / saia (que é vestido): HBF -  foi presente / Cinto: centro da cidade - R$15,00 (comprei uns 5!) / Brinco: Renner - R$6,99 / Colar: foi presente / Anéis: Morana - R$59 o kit / Pulseira: alguma lojinha de centro / Sapato: Melissa modelo incense - foi presente

Não sei vocês, mas eu estou curiosíssima para ver os looks das outras blogueiras.

A Izabella está com a vida pessoal corrida e ficou sem tempo para o blog, por enquanto ela não vai mais participar das nossas postagens =/ , mas não deixem de visitar o blog dela!

16/04/2014

Pantogar - Minha experiência


Faz um bom tempo que eu estou devendo este post, mas pense em muuito tempo!

Quem acompanha o blog deve lembrar que há alguns meses tive um problema com o aplique que eu usava, em resumo ele fez um mega nó no meu cabelo e eu tive que praticamente arrancar um bom chumaço do meu cabelinho pra fazer ele sair. (aqui tem um post com toda a história do meu cabelo)

Meu cabelo que sempre foi ralinho e frágil, ainda agravado pela minha vida de progressivas e descolorações, há tempos gritava por um tratamento sério, muito além desses que a gente bola em casa usando mil hidratações e soluções caseiras (embora tudo isso ajude muito).

Foi então que resolvi finalmente consultar uma dermatologista. Até então só tinha ido para tratar da pele. Então ela me passou uma linha de produtos para usar (Nutricerat, resenha aqui e aqui) juntamente com os comprimidos de Pantogar.



O Pantogar é um complexo vitamínico, que promete repor os nutrientes que acabam faltando nos cabelos quando não se tem uma alimentação adequada e que também se perde com as intervenções químicas. A promessa é um crescimento mais rápido e uniforme, aumento na quantidade de fios e na força dos cabelos (ihul).


Passadas as apresentações, vamos à minha experiência com o produto.

Eu nunca tinha tomado remédio algum para os cabelos, então não sei comparar a eficácia com os outros disponíveis no mercado.

Tomei Pantogar por três meses, três cápsulas por dia (tudo sob a recomendação da Dermato).

Quando aconteceu o baphón com meu cabelo, fiquei muito triste, perdi cabelo pra caramba, ficou super frágil. No dia que aconteceu, no banho caía cada vez mais cabelo, juro que cheguei a pensar que ficaria com falhas, foi horrível, isso mexeu muito comigo. Sequer tirei fotos, não tive coragem. Essa primeira foto da esquerda é do dia que aconteceu, mas dá para ver muito pouco. Meu cabelo estava mais ou menos na altura do seio, mas até lá chegavam uns três fiozinhos só, completamente disforme! Então tive que cortar para pelo menos o cabelo chegar cheio até as pontas,  cortei como está na segunda foto, acima do ombro!


Durante o tratamento, a médica me recomendou que não usasse nenhum tipo de química, então fiquei um bom tempo sem fazer escova progressiva e luzes, o que acredito que também tenha ajudado o cabelo a dar uma "respirada". As fotos a seguir são durante o tratamento (até curti bastante meu chanelzinho!).
Meu cabelo sempre foi difícil para crescer, acho que cresce uns três dedinhos por ano, sério! Percebam que com um mês de uso já mudou bastante, e o melhor, ele cresceu com as pontas fortes, geralmente em dois meses já tenho que cortar porque as pontas ficam muito fininhas.



Aqui foi no final do tratamento, já bem melhor, e com dois palmos de raiz! rs

E aqui é como meu cabelo está agora, há uns três meses voltei a fazer luzes e progressiva (esta só faço uma vez por ano agora) porque eu não aguento! rs



A opinião final que tenho sobre o Pantogar é que ele realmente melhora muito o cabelo, mas de uma forma natural. Não dá pra pensar que a gente vai dormir Chanel e acordar Rapunzel que isso não existe. Mas ao final do tratamento meu cabelo é simplesmente outro!

Hoje ele é muito mais cheio, volumoso (olha que fatality essas fotos da formatura!) e cresceu bastante. O ponto mais importante para mim foi vê-lo crescer forte até as pontas, isso é coisa que nunca tinha visto no meu cabelo. Meu dilema de deixar o cabelo comprido sempre foi este, cresce um pouquinho, enfraquece nas pontas e tenho que cortar.

A médica me disse que este remédio não tem contra indicações (leia a bula, claro né amigue) e pode ser tomado por toda a vida, com a observância de um intervalo mínimo de 6 meses entre cada tratamento. Por isso já estou pensando em tomar novamente.

Conforme o tempo passa, o cabelo sofre inúmeros danos de químicas, poluição, alimentação desregulada, hormônios, enfim, são vários fatores, então penso que é legal fazer esse tratamento de vez em quando para dar uma recuperada.

Acho que esta foto é a que melhor retrata a diferença:


Eu comprei o remédio na farmácia, custou cerca de R$50, mas fiquei sabendo que dá para mandar manipular, assim custa quase a metade do preço.

E por aí, alguém já fez algum tratamento desse tipo?

15/04/2014

Looks pra inspirar: Comprimento midi


Vocês já devem ter visto por aí que o comprimento midi está super em alta.

É mais uma tendência cheia de polêmicas, muitas dizem que que look de vovó, que envelhece, que não valoriza o corpo, enfim. Verdade seja dita, tem que ter muito estilo pra segurar um lukão desses. Acima de tudo acho muito estiloso, parece que transpira moda, além de ser mais uma forma de mostrar como se pode ficar feminina e sexy sem precisar mostrar o corpo.

Eu ainda não comprei nenhuma peça nova, mas, como sempre trabalhei em escritório, tenho lá minhas saias mais compridinhas no armário, hora de desentocar! Estou louquinha pra montar um look e mostrar aqui (mas meu dia só tem 24 

Bom, por hoje trouxe aqui algumas inspirações que achei lindas e usaria todas!




Se liga nas inspirações pra não deixar a modinha de lado no frio:


Uma dúvida que sempre surge é se as baixinhas (oi, eu!) podem usar esse tipo de comprimento. Primeiro eu acho que com bom gosto e medida todo mundo pode usar tudo! Não é exatamente o comprimento da saia que vai te deixar ainda mais baixinha ou gordinha, mas investir em alguns truques não dá margem para erros, então vamos lá:

Um deles é sempre apostar em um salto alto, de preferência daqueles que deixam o peito do pé do Pedro amostra (scarpin, por exemplo), isso alonga as pernas e disfarça a estatura de pintora de rodapé como eu. Montar um look monocromático (com as peças de uma cor só) também é legal, dá a impressão que você é mais "comprida".

Para as gordinhas, o truque é o mesmo que de qualquer outro look, apostar em peças mais soltinhas que não marquem tanto, e tomar cuidado com as saias rodadas se você tiver quadris largos. De resto, amigue, tá todo mundo liberada pra usar e abusar!



© Dose de Beleza - 2015. All Rights.
Criado por: Bianca Schultz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo